Das pessoas que amam acima de todas as pessoas, os seus animais

Não amo acima de "todas as pessoas" os meus animais. Amo-os talvez tanto quanto o meu coração o permite, que é muito. Amo-os como membros da minha família, como se fossem meus irmãos. Encontro nos animais a melhor ajuda do mundo, horas de tranquilidade, de paz, de honestidade pura, de fidelidade sem limites. Amo os meus animais mais do que amo centenas de pessoas na minha vida. Isto, é uma verdade e nem me atrevo a negá-la. Mas não amo os meus animais acima de "todas" as pessoas da minha vida.

Porém, entendo as pessoas que o fazem. Entendo-as bem. Entendo-as porque as pessoas desiludem, as pessoas trocam-nos em menos de nada, por uma palavra mal entendida ou um dia menos bom. A grande maioria (por favor, atentem nas palavra: a grande maioria = não todas) das pessoas não nos são fiéis como um animal é. As pessoas não nos recebem todos os dias, a todas as horas, com uma alegria contagiante só por nos verem, independentemente de estarem óptimas ou péssimas. Os animais fazem-no de todo o coração. São tão brutalmente honestos, tão maravilhosamente compreensivos. 

Por isso, quando me deparo com pessoas completamente isoladas nas suas casas e que só lidam bem com animais, entendo-as. Não as posso censurar. Não as devo censurar. E respeito-as. 

10 comentários:

Ana disse...

Também entendo bem essas pessoas. Não gosto mais de animais do que de pessoas, mas gosto tanto das minhas cadelas como gosto da minha familia.
gostei muito deste teu texto:)
beijinhos

cereais disse...

Concordo, sim :)

aqui mesmo disse...

Verdade, verdadinha. Os animais não desiludem nunca (:

Anita disse...

Tão verdade!! Eu chego mesmo a dizer que gosto mais dos animais do que certas pessoas da minha família.

verniz escarlate disse...

Eu cá, mesmo com desilusões prefiro as pessoas ;)
bj

Filipa disse...

Eu gosto dos meus animais como se fossem pessoas, trato-os como se fossem filhos!
Gostei muito do teu post.
Beijinhos

pedro ferreira disse...

Eu que viajo por vários blogs, tenho algumas vezes visto a expressão "Cada vez mais gosto dos animais do que as pessoas". Em primeiro lugar eu acho que gosto tanto dos animais como as pessoas. O mais interessante é que nós pessoas que desenvolvemos tanta tecnologia em tantas áreas diversas, são seres com capacidades mais reduzidas que nos ensinam a amar. A amar como todos deviam amar, com entrega total, a darem-se sem contrapartidas e com isso a serem felizes. Talvez eles conseguem fazer isso porque não complicam, não fazem tantas perguntas, não se sentem reféns de factores enconomicos e de estatutos sociais que dificultam que as pessoas se amem. Mas acredito que nós pessoas seremos futuramente um pouco mais animais.

daniela fernandes disse...

Eu também entendo, e pelos motivos que aqui escreveste :)
adoro o meu cão, faz mesmo parte do meu dia-a-dia *-*

daniela fernandes disse...

Eu também entendo, e pelos motivos que aqui escreveste :)
adoro o meu cão, faz mesmo parte do meu dia-a-dia *-*

Movermais disse...

Pedimos desculpa pela intromissão...
Mas gostaríamos de te dar a conhecer o nosso site:
www.movermais.com

Acabado de lançar é totalmente dedicado à vida saúdavel, desporto, alimentação equilibrada..
Dispõe ainda de um conta calorias de alimentação e desporto.



O Mover+ é mais que um espaço online com conteúdos, dicas e um programa para uma vida mais saudável.

Com o Programa M+ podes contar as calorias da tua alimentação ao registares as tuas refeições.
Diverte-te a registar o exercício físico que praticas, a sua duração e as calorias gastas.
Simula etapas, define objectivos, motiva-te+.
Nós tornámos a matemática da vida saudável divertida com o Balanço M+ podes gerir as calorias consumidas e gastas.

É totalmente gratuito e és tu que o fazes com as tuas escolhas. É o teu programa!
Ficarás surpreendido(a)! Vem Mover+