De como a alegria pode chegar-nos de várias maneiras


O Guilherme mal tem um metro de altura e já teve várias provações na vida, pelo que não se pode dizer que tenha muitos motivos para sorrir. Mas dava ontem gargalhadas maiores do que a sua estatura. Ria-se imensamente feliz, aparentemente sem nenhuma razão de ser. 

- Guilherme, estás a rir-te assim tanto do quê?

Ria-se, ria-se, ria-se. Nenhuma resposta. Todo ele era alegria e gargalhadas, enquanto agitava os pés e os olhos se abriam muito. 

- Não me vais contar porque é que te estás a rir tanto?

E ele ria-se. Mais tarde, escreveu-me um bilhete que dizia: Gui ria [e desenhou  uma seta para um porco a sorrir contente]. ( Tradução: O Guilherme ria-se porque o porquinho estava contente).
O porquinho é um boneco do famoso Toy Story, em miniatura, que o Guilherme não larga em nenhum dia da sua vida. Aparentemente o porquinho estava feliz, e isso foi mais do que motivo para o Guilherme também estar.
Ainda bem que ainda há pessoas assim.

10 comentários:

Little Secret disse...

As crianças são mesmo o melhor deste mundo e têm tanto para nos ensinar :)

bécas disse...

A doçura e inocência das crianças encanta qualquer um com coração. (:

...Ju... disse...

as crianças são fantásticas! e surpreendem-nos sempre!

Rute disse...

Que relato bonito *.*
O Gui parece ser um menino muito especial!

Sóph. disse...

a inocência aquece o coração *

Margarida disse...

Eu já aprendi que sim, que quando menos espero, lá vem daquele ser pequeno e lindo, algo que me aquece o coração... Seja uma gesto, uma palavras ou mesmo um sorriso! :)

Telma ♥ disse...

As crianças são o melhor da vida... devia conservar-se essa inocência!!

Bailarina disse...

Fantástico... 8)

'inha disse...

as crianças sao mesmo o melhor do mundo :D

Ana'Space disse...

Oh que bonito :)

Anna*