Já não posso ouvir falar dos perigos de derrocada das arribas


E porquê? Porque me anda a enervar solenemente ver pessoas a dizer com o rei na barriga que de férias não estão para se preocupar com isso, por isso metem-se junto das arribas e pronto. Ora isto dá que pensar. Segundo estas pessoas, pensar no perigo que correm estraga-lhes as férias. Morrerem lá já não. Está bem então.

10 comentários:

Teclas disse...

são prioridades, então :p

'Mimi disse...

Se não era mais fácil levarem o chapéu de sol...

bécas disse...

devo dizer que fiquei incrédula quando vi essa notícia. tudo bem, estão de férias; mas pretendem/preferem morrer a ter um pouco de bom senso?! Enfim!

Carla disse...

É verdade, as pessoas preferem uma sombra a uma vida. Não respeitam os sinais de perigo e claro que depois as coisas acontecem.

Heriwen disse...

Concordo! Vá-se lá perceber esta gente...

Manuela disse...

Por isso mesmo, Miss Daisy, irá ser feita legislação para quando se desrespeitar os sinais de aviso!

...Ju... disse...

quando vi a reportagem no telejornal confesso que fiquei com os nervos em franja com tanta irresponsabilidade admitida cheia de orgulho!

saracr disse...

lol, por acaso tb ouvi uma croma a dizer ixo, até falei sozinha kd ouvi ixo lol..ridículo.

meg* disse...

achamos sempre que as coisas más só acontecem aos outros. (mas má notícia: ninguém é um super-herói, pode ser a nós que de repente a vida nos cai em cima, literalmente)

Belicious disse...

Não podia concordar mais. A praia em q aconteceu é onde moro, vou lá todos os dias e fico smp a olhar para as pessoas q se metem debaixo das rochas... Este ano já não o repetem