A teoria das "sogras mazonas" sempre me irritou



E cada vez mais percebo que essa teoria vem escarrapachada em várias revistas. Não admira que as pessoas as vejam assim. Títulos como "Como se livrar das chatices com a sua sogra", "Saiba como dar a volta à sua sogra", "Aprenda como manter a sogra à distância" promovem a ideia da pessoa mazona, que come outras pessoas às refeições e arrota em legos. E isto não é verdade. Há pessoas e pessoas. Há pessoas maravilhosas e pessoas não tão maravilhosas assim. Há pessoas simpáticas e pessoas antipáticas. Há de tudo.

8 comentários:

verniz escarlate disse...

A minha é boa!
não tenho razão de queixa para já. E a minha mãe é uma sogra maravilhosa!

Maggie disse...

sim tens razão!

Maggie

м♥ disse...

mania de generalizar. é estúpido alimentar estes estereótipos.

Caminhante disse...

Olá Miss Daisy,concordo plenamente contigo, existem pessoas maravilhosas e a minha sogra é uma pessoa fantástica. Considero-a uma mãe!
Beijinhos e bom fim-de-semana.

Mie disse...

Ha de tudo mas a mioria e mante-las bem longe!

...Ju... disse...

claro que há! e há tb a necessidade de saber ceder e articular com feitios diferentes do nosso!

Wendy disse...

Também foi uma coisa que sempre me deixou intrigada. As pessoas, antes de serem sogras ou outra coisa qualquer, são pessoas, seres humanos que se relacionam uns com os outros, sendo que o relacionamento com X pode ser menos turbulento do que com Y.
Eu tive imensa sorte, mas é porque o feitio dela não é o de se dar mal com ninguém.

Charlotte disse...

Há sogras boas e sogras más, infelizmente a minha não gosta muito de mim; não se senta à mesa para jantar quando lá estou e insiste em chamar-me Tânia (nome da ex namorada do meu namorado)... E mesmo a cara dela é de: põe-te a andar. A primeira vez que fui lá a casa disse-me friamente: desculpa, mas não me vou aproximar muito de ti porque o meu filho já teve um desgosto muito grande... por isso (e supondo que eu tbm o serei) ela não quer saber.