O que de melhor se pode saber acerca de um hate-blogue


Podemos não saber, por exemplo, o que é que os autores fazem quando acordam, se tomam ou não banho, se almoçam fora ou em frente ao computador enquanto escrevem mais cinco ou seis posts para preencher o tempo. Podemos nem saber se penteiam o cabelo para a esquerda ou para a direita, de que cor é a escova de dentes deles e se calçam primeiro o sapato esquerdo ou o direito. Tudo detalhes essenciais, claro está. Mas sabemos outras coisas insignificantes. E isso basta-nos. Assim, a título de exemplo, lembro-me que podemos saber por exemplo de uma investigação que foi iniciada este mês dedicada exclusivamente àquele hate-blogue. São daquelas coisas pequenas e insignificantes que se sabem entre amigos. Conversa puxa conversa. O mais engraçado disto tudo é que os autores nem sequer sonham/imaginam/equacionam que possa ser possível tal coisa. It's a pity. É esperar que da próxima vez que criem um hate-blogue, se lembrem de não por links directos para os blogues de quem falam. É esperar que da próxima vez se lembrem de não referir exactamente, palavrinha por palavrinha, os títulos dos blogues de quem falam. No entretanto, deseja-se que escrevam muitos mais posts! Quanto mais material, melhor.

Isto só me faz lembrar um ditado que diz assim: Gato escondido com o rabo de fora. É patusco, no entanto.

[Pequeno excerto do Código Penal]

ARTIGO 180.º
(Difamação)
1- Quem, dirigindo-se a terceiro, imputar a outra pessoa, mesmo sob a forma de suspeita, um facto, ou formular sobre ela um juízo, ofensivos da sua honra ou consideração, ou reproduzir uma tal imputação ou juízo, é punido com pena de prisão até 6 meses ou com pena de multa até 240 dias.
ARTIGO 181.º
(Injúrias)
1- Quem injuriar outra pessoa, imputando-lhe factos, mesmo sob a forma de suspeita, ou dirigindo-lhe palavras, ofensivos da sua honra ou consideração, é punido com pena de prisão até 3 meses ou com pena de multa até 120 dias.

15 comentários:

Mãe adoptiva disse...

Acho que já ia sendo tempo!

Um beijinho Miss Daisy :)

Garcia disse...

A mim lembra-me antes outro ditado:

quem brinca com o fogo, queima-se

Rute disse...

Finalmente, alguém que sabe do que fala e sabe como falar. Fantástico post.

Nokas disse...

Ui...o que aconteceu?

joana disse...

Nunca fui parar a um hate-blogue.
Ainda bem...

Fi ♥ disse...

Cada um tem o que merece...

Passatempo lá no blog, participem!

Este Blogue precisa de um nome disse...

Só espero que seja o blogue que estou a pensar, se for quero agradecer-te. Nunca me tinha lembrado disso.

Excelente post :)

Beijo

Garcia disse...

Mais: é uma questão de semanas, enquanto descobrem o nome do autor, a morada e dados pessoais para o contactarem oficialmente (processo necessário) para que o autor possa apresentar defesa (que, pelo que me parece, será em vão). O melhor é prepararem um pé de meia com uns trocos. Há pessoas que realmente gostam de atrair problemas.

Já vi alguns (mas poucos) casos desses em tribunal e posso dizer que correram sempre mal para o lado de quem fez as injúrias.

É a vida!

have a nice week, Miss Daisy

Miss Piglet disse...

Não sabia da existência de tal coisa...já agora, por curiosidade profissional podes indicar aqui ( ou no meu blog, caso n queiras mencionar aqui, eu não publico o comentário, sff)quais os hate-blogues que te difamaram? obrigada.

. Sofia . disse...

Que exagero!
Enfim...

Luna disse...

perda de tempo. de quem faz os hate-blogs e de quem apresenta essas queixas. mariquices.

Sofia disse...

acho que essa pessoa que conheces que fez a queixa fez bem, se isso ja andava a incomoda-la! as pessoas têm de perceber que lá porque estão atrás de um monitor nao significa que podem dizer tudo o que lhes dá na real gana, sem haver consequencias! de boas intenções ("só brincadeira e humor") tá o inferno cheio! mas nao fiquei a saber de que blog falavas ter sabido isso... ja li 3 hate-blogs e 2 deles tinham links e usavam mais ou menos os nomes.

beijinho :)

Joana S. disse...

Se bem percebi (corrija-me se estiver errada) a Miss Daisy conhece alguém que fez uma denúnica/queixa em relação a um "hate-blog". Embora não diga a data dessa queixa nem refira a queixa, diz a data em que a investigação começou. A data sendo este mês, a queixa só pode ser já antiga (de meses já, calculo) se a investigação só começou agora (este mês de Maio) como já estamos no fim do mês e sendo uma coisa tão simples e se já está pendente há bastante tempo (há quem pense que é muito complicado e demora muito: não demora, quanto mais trabalho despachado, melhor. Destes casos então que nem de graves se qualificam, é despachá-los o mais depressa. Felizmente as coisas estão a mudar, antigamente eram estes casos que ficavam pendentes durante meses e anos) suponho que a investigação já tenha terminado para estar a referi-la) se assim for, o assunto será resolvido e as partes que cometeram as injúrias serão avisadas e chamadas a apresentar defesa. Não sei se essa pessoa que apresentou queixa terá pago muito por isso, mas também presumo que tal como qualquer pessoa hoje em dia, tambem essa pessoa tenha tido isso de graça, à borlix como se diz, porque hoje em dia qualquer pessoa conhece um advogado.
Acho que não é descabido esse processo e há mais processos desses do que as pessoas imaginam. só que fiquei aqui com uma dúvida: o post foi escrito sem referir o tal "hate-blog". Acho que fez bem em não referir o nome do "hate-blog" e mostrou uma atitude educada e respeitadora quanto às partes visadas (não foram mencionadas em nenhum ponto e deixa espaço de manobra para não serem acusadas publicamente) mas acho que não havia mal em pôr o título do "hate-blog" embora entenda se a Miss Daisy não o fizer. (curiosidade apenas, não leve a mal) bem sei que infelizmente isto anda um mundo de loucos mas que ainda há pessoas com dois dedos de testa.

Olhe Miss Daisy, seja quem for o autor do "hate-blog" e qual for o "hate-blog" ainda se podem dar por sortudos por não verem o título do blog deles na boca do povo, como se diz.

bom fim de semana que está quase à porta :)

Joana

Paula disse...

depois de ler aqui tantos comentários só me apraz dizer que a Joana S. tem muita razão: as pessoas andam equivocadas chiça, ainda não perceberam que a miss daisy não tem nada a ver com isto, só falou disto como podia nem ter falado e as pessoas só saberem quando fossem chamadas. isto é tão óbvio meu deus! a serio, fiquei espantada de ver tantas reacções blogosféricas :S eu acho que o blog é o da pipi mas como não são aqui acusadas nem os nomes delas aparecem aqui, pode ser outro qualquer. elas deviam era preocupar-se com quem realmente as anda espetar na net com as caras e os nomes de pessoas culpadas e de pessoas inocentes. no fim de contas ainda vão agradecer a miss daisy e ficar todas amigas, querem lá ver.... já nada me admira e era uma parceria bem jogada!

miss daisy, isto não foi um ataque, muito pelo contrário que adoro o teu blog, isto foi um desabafo :) :)

Miss Daisy disse...

Joana S., não publicarei o título do blogue exactamente pelos mesmos motivos que me levaram a não o publicar no post, quando o escrevi. É uma questão de coerência e do que considero certo.


Paula, é um facto que realmente não é mesmo comigo que se têm de preocupar. Existem realmente muitos equívocos por aí.

Bom fim-de-semana!