Hoje é o dia mundial do livro


Não imagino a minha vida sem livros. Mas, e tenho de dizer isto, quando me refiro a livros, refiro-me a livros de capa e folhas. Muitas palavrinhas ali impressas e muitas páginas por virar. Livros onde se possa pôr um marcador (para quem os usa - eu bem tento, mas tenho o vício de fixar pura e simplesmente a página onde vou). Claro que um livro não deixa de ser livro porque o lemos num formato, por assim dizer, tecnológico. Mas perde-se a graça toda que é andar com um livro aqui e ali. E o cheiro das páginas... E a sensação que é carregar um mundo inteirinho de personagens e sentimentos, conhecimentos ou factos históricos, numa só mão. Hoje é o dia mundial do livro. De todos os livros do mundo, o meu preferido é de Fernando Pessoa. "Livro do Desassossego" é o nome desse livro e creio que já o li mais de quinze vezes, até hoje. Tem as páginas já gastas e sujas, a capa já apanhou diversos estados de tempo e ele já viajou mais dentro da minha mala do que muitas pessoas que conheço. O meu segundo livro favorito é de um autor chamado James Barrie (vejam o filme Finding NeverLand "À procura da Terra do Nunca", se não sabem a quem me refiro). Ele escreveu-o. A esse livro lindo, lindo: "Peter Pan". O meu terceiro livro favorito chama-se The child "A criança que não queria falar", de Torey Hayden. Depois destes três, segue-se uma lista infindável de livros que li e que adorei. Desde enciclopédias de História (que adoro, adoro, adoro) até livros científicos. De tudo um pouco. A lista dos livros que não gostei também é longa. É que não basta um livro ser simplesmente isso: um livro. Tem de saber sê-lo.

6 comentários:

Nokas disse...

Adoro ler...estou a rechear a minha biblioteca :)

Voa Borboleta disse...

Olá Miss Daisy!!! É a minha primeira vez aqui!! :D Daisy era o meu nick no mirc, lembraste do mirc? Usava-se antes do msn, era engraçado e bem diferente!

Ler, livros, bibliotecas ... adoro!! Sempre gostei! Infelizmente ultimamente não tenho lido tanto quanto gostaria, mas tenho-me esforçado e obrigado a parar determinadas coisas para poder ler a "Profecia Celestina", conheces?

Bem, acho que para pessoas que não conhecem e interessam pelo tema acaba por ser um pouco chato, por isso não aconselho comprar antes de lerem críticas.

Aproveito para desejar uma feliz Páscoa e bom descanso.

Beijinho.

Sofia

www.voaborboleta.com

nanuxawi disse...

adorei a entrada, partilho do mesmo gosto ! :)

Guinhas disse...

Eu tb adoro o livro,o objecto.Adoro o cheiro, sentir as páginas a passarem nos dedos. Curiosamente é das poucas coisas que não adoro emprestar, nem de pedir emprestada. Gosto de ter os meus livros. Tenho receio, porém, que a inovação tencológica acabe com os livros.Adorei o post!

isabel disse...

Também não imagino a minha vida sem eles, podem ser mágicos. E ninguem me tira o cheiro e o tacto de um livro pelas novas tecnológias.

Bj e boas leituras ;)

Mee disse...

Os livros são sem dúvida preciosos :)
Já passei por aqui algumas vezes, nunca comentei, não resisti ao ver o "Livro do Desassossego" aqui mencionado. É também o meu livro favorito :)
É maravilhoso descobrir a dimensão da alma e dos pensamentos de alguém como Fernando Pessoa. Sendo possível em cada página encontrar algo com que nos podemos identificar, assim como associar grande parte aos tempos de hoje.

Aproveito para dar os parabéns pelo blog maravilhoso :)