Era uma vez...

Uma pessoa que ocasionalmente me envia e-mails a comentar os meus textos, lançou-me ontem um desafio. Mas é um desafio daqueles mesmo giríssimos. Para já, porque nos faz repensar na nossa vida, depois, porque nos permite sonhar. E o desafio é o seguinte:

O pressuposto é começarmos por escrever: "Era uma vez..." e continuarmos com o que imaginamos que seria a nossa vida, se fosse um Conto. Pode ser em poucas linhas e muito resumido. O que interessa é que sejamos o mais sinceros possível, para que consigamos atingir o objectivo: olharmos para o que escrevermos e vermos o que é que temos de mudar na nossa vida para fazermos pequenas partes do nosso conto de fadas realizarem-se. Isto funciona portanto como uma revisão de vida. A parte gira é que podemos divertirmo-nos e dar largas à imaginação.

" Era uma vez uma casa na praia. Estava situada perto de um extenso areal de uma praia deserta. As aves levantavam sempre vôo ao amanhecer de cada dia. Naquela casa branca, com um terraço voltado para o mar, vivia Miss Daisy. Miss Daisy todas as manhãs passeava ao longo da praia. Sentir a rebentação das ondas na areia a ondularem-se nos seus pés era o suficiente para se sentir em paz. A casa ficava não muito distante de uma cidade, onde Miss Daisy trabalhava e gostava de assistir a bons filmes, numa sala de cinema vazia. Costumava almoçar em muito boa companhia e aproveitar as suas horas livres para estar sempre ao ar livre, porque muitos edifícios sufocavam-na. Durante as tardes passadas na cidade, encontrava-se regularmente com as pessoas que lhe eram mais especiais, e, ao fim do dia, passeava pela  praia com os seus animais, onde os via correr livres como o vento. Lia até tarde, escrevia num blogue que dava pelo nome de Dias Imperfeitos, tal como os seus dias. Pensava muito pouco no passado, porque tinha decidido viver no Presente. No seu tempo livre, se não o ocupasse a escrever, ocupava-o a desenhar retratos, ou, por vezes, a tocar piano. Não podia desejar que a sua vida fosse muito melhor do que todos aqueles dias sem fim. "

E claro que estão todos desafiados...

5 comentários:

Sofia disse...

ADOREI :) vou fazer também! grande ideia essa! e adorei como seria o teu once upon a time :)

Isabel disse...

Lindo!

believer disse...

Gostei... :) E isso é muita imaginação ou falta ainda muito para ser realidade?

Miss Daisy disse...

Believer, não falta muito para ser realidade. Na verdade, é praticamente tudo realidade. Falta-me viver mais no Presente e ter mais tempo livre.

Marta disse...

Era uma vez uma mulher chamada Marta. Trabalhava apenas de manhã, tinha a tarde toda por conta própria. Tinha uma casa de férias em espanha, para no pico do verão ir para lá dar uns bons mergulhos. Era pouco dramática e lidava bem com o stress. Nunca tinha perdido ninguém na vida graças ao seu mau feitio. E estava sem bem disposta :)