A essência das pessoas


Vê-se através de coisas tão simples como a forma como escrevem sobre a sua própria tristeza e a sua alegria, a forma como tratam os animais, a forma como reagem a um coração despedaçado, ou se levantam todos os dias para dias reais... Dias reais que, por serem reais, são quase sempre invariavelmente imperfeitos, com momentos, isso sim, perfeitos. A essência das pessoas vê-se na maneira como sorriem quando reencontram alguém, como conversam, mas sobretudo como ouvem, os outros. A essência das pessoas vê-se também na sua vontade existente ou inexistente de serem felizes, apesar de todas as contrariedades. Na sua capacidade de reacção face a centenas de dias maus... Mas ainda assim quererem mais, muito mais, da vida.

8 comentários:

Rafael disse...

Muito bem escrito e visto. Um beijinho

Ana disse...

adoro adoro adoro :)

é tão verdade...

Ana disse...

(principalmente a forma como tratam os animais, eu acho...)

Marta disse...

gostei muito deste post :)

tudo aqui é realmente verdade

bom domingo

Anónimo disse...

Um texto fantástico.

Pedro Ferreira

Maria disse...

fantástico :) deixaste-me sem palavras

@na disse...

E a essência é o que conta, sem dúvida.

:)

susie disse...

E o que conta é memso a essência, não é?

Adorei!

Susie